Quando você precisar, faremos nosso melhor.

 

pós-operatório cirurgias plásticasFibrose após lipoaspiração - Clínica de Fisioterapia Dra. Iranilda Moha - CDM

Fibrose após lipoaspiração

A lipoaspiração é uma cirurgia plástica que auxilia na melhora do contorno corporal. É indicada para retirar o excesso de gordura localizada numa determinada área do corpo como abdômen, costas, flancos,  papada, coxas ou braços. Lipoaspiração não serve como emagrecimento e sim para esculpir o corpo.

Essa tipo de cirurgia pode ser realizado tanto por homens quanto por mulheres e é importante que seja feito por um cirurgião plástico sob condições adequadas de higiene e segurança.

No pós-operatório de lipoaspiração pode ocorrer a intercorrência de fibroses. Vamos compreender de forma simplificada o que acontece após essa cirurgia.

Você tem gordura localizada indesejada no seu corpo e contrata um cirurgião plástico para esculpir seu corpo. O cirurgião retira as células de gordura durante a cirurgia e imediatamente após, o corpo reage a essa agressão com uma resposta inflamatória aguda. Células de defesa presentes nos vasos sanguíneos precisam sair desses vasos e migrar até a área lesada. Nesse processo, ocorre um extravasamento de líquidos e a pessoa fica inchada nos primeiros dias de pós-operatório.

Por isso, o cirurgião prescreve a necessidade de drenagem linfática manual para retirar esse excesso de líquidos e aplicação do linfotaping para conter o edema e proporcionar alívio imediato.

No entanto, após a retirada desse excesso de líquidos, o organismo precisa dar continuidade no processo de reparo tecidual e acontece uma proliferação celular, a produção de um tecido cicatricial que contém colágeno para preencher o local que foi retirado a gordura.

Entretanto, o organismo é rápido e desordenado e pode produzir mais tecido cicatricial do que o necessário e formar fibroses. Fibroses são esses tecidos cicatricial em excesso que pode ser em formato de nódulos, placas ou cordão. A fibrose é inestética e limita os movimentos, se não trata permanece no local e atrapalha as atividades do dia-a-dia.

Na lipoaspiração vai ocorrer fibroses, em menor ou maior grau, depende da técnica utilizada pelo cirurgião e cuidado no pós-operatório (uso de cintas modeladora, realização de drenagens, cuidado na alimentação, entre outros).

Mas, calma! Formar a fibrose é normal e o profissional fisioterapeuta capacitado irá conduzir esse processo e promover uma uniformidade da região, desmanchando as fibroses e conduzindo o reparo tecidual. Para isso, tem várias técnicas fisioterapêuticas como drenagem linfática, liberação tecidual, aplicação do taping, exercícios e uso do ultrassom. Depende do protocolo de tratamento, pode ser aplicado todas essas técnicas, porém em fases diferentes

Sendo assim, converse com seu cirurgião, tire suas dúvidas antes da cirurgia e faça um pré e pós-operatório com fisioterapeuta capacitada que irá te orientar como prevenir a formação em excesso e conduzir esse reparo tecidual.

Formar fibrose é normal, mas permanecer com ela não!

Leave a Reply