Quando você precisar, faremos nosso melhor.

 

pós-operatório cirurgias plásticasO que é necessário no pós-operatório? - Clínica de Fisioterapia Dra. Iranilda Moha - CDM

A procura por cirurgia plástica cresce significativamente no Brasil, tanto para a restauração, reconstrução ou para alterar a estética em parte do corpo.  Essas alterações envolvem contorno corporal, preenchimento nos glúteos, levantamento das mamas, melhoria do colo, retirada do excesso de pele e flacidez, entre tantos outros.

A maioria das pessoas focam tanto no resultado que esquecem o processo necessário até o resultado final. Muitas ficam insatisfeitas com o resultado justamente por não cuidar desse processo de recuperação.

Cirurgia plástica oferece riscos como qualquer outro tipo de cirurgia, por isso, precisa ser realizada por cirurgião credenciado a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Além disso, o médico solicita exames pré operatórios antes de traçar as metas e objetivos cirúrgicos.

Após as cirurgias de grande porte como lipoaspiração, abdominoplastia e mastopexia é comum a prescrição de drenagens linfáticas manuais para diminuir o inchaço e a dor. No entanto, nesses tipos de cirurgias, o inchaço é apenas um dos sintomas. Sendo importante que nessa etapa a pessoa seja acompanhada por uma fisioterapeuta e não massagista ou esteticista.

Reabilitação no pós-operatório

Lipoaspiração, abdominoplastia e mastopexia são cirurgias grandes e podem até serem feitas de forma combinadas, tudo na mesma cirurgia, conhecidas como cirurgia tripla. Porém, a recuperação pode ser mais demorada, exigindo posições específicas e condutas adequadas para um resultado efetivo.

Intercorrências podem acontecer nesse processo, como presença de seroma, deiscências (abertura dos pontos), necrose, trombose, entre outras. O profissional do pós-operatório é a pessoa que mais acompanha o paciente após a cirurgia. Este precisa entender da cirurgia em si, das intercorrências e possuir a competência técnica para resolver caso aconteça ou encaminhar para o cirurgião (ã).

Dentre os profissionais, a fisioterapia se destaca por ter uma especialidade que estuda a pele, vasos sanguíneos e linfáticos, compreende as cirurgias plásticas e suas intercorrências. Vale ressaltar que os cirurgiões mais atuais possuem na sua equipe fisioterapeutas especializados em pós-operatório.

Ainda após uma cirurgia…

É comum a pessoa sentir enjoo, dor, tontura, pressão no peito e até dificuldade de mexer a cabeça ou braço devido o posicionamento durante a cirurgia. Esses sintomas podem ser amenizados ou eliminados com posições especificas, mobilizações e exercícios respiratórios prescritos pela fisioterapeuta.

Outro fator é que a pessoa pode ser orientada pela equipe médica a dormir de barriga para cima sem virar para o lado ou de barriga para baixo por um determinado período entre 15 a 40 dias, e essa posição pode gerar muita dor nas costas e limitação de movimentos da própria coluna vertebral. Novamente, a fisioterapia possui recursos terapêuticos para resolver esse problema.

Por isso, após uma cirurgia …

A pessoa pode sentir muitas sensações e desconfortos diretamente ligados a cirurgia, posicionamento ou até mesmo caracteristicas próprias de cada indivíduo. Assim, a conduta no pós-operatório deve variar de acordo com a necessidade e o profissional deve estar atento a possíveis intercorrências e conduzir o processo de reabilitação até a cicatrização total.

 

 

 

 

Leave a Reply